quinta-feira, 19 de maio de 2011

ATEAC - Terapia Assistida por Animais


A ATEAC (Atividade, Terapia e Educação Assistida por Animais de Campinas), se tornou uma ONG em 2007, uma idéia da bióloga Silvia Ribeiro Jansen que teve a autoestima e capacidade de socialização de seu filho Daniel recuperada, depois que ele ganhou um filhote de labrador, a Luana. Daniel é portador da Síndrome de Asperger (espécie de autismo que não afeta o desenvolvimento intelectual), hoje ele tem mestrado em ecologia pela Unicamp.

Com essa experiência, Silvia já tinha conhecimento do trabalho de uma organização internacional “Delta Society” (USA), que promove até hoje a melhoria da saúde humana e qualidade de vida através da ajuda dos animais. Ela descobriu que existiam poucos trabalhos no estado de São Paulo e principalmente na região Metropolitana de Campinas. Assim, idealizou o projeto da Ateac, que se tornou uma ONG. Atualmente, 54 cães de diferentes raças integram o projeto – todos extremamente dóceis, permissíveis a qualquer manipulação e com saúde perfeita: devidamente vacinados e vermifugados – que se destaca por “dois trabalhos únicos no Brasil e raros no mundo”, segundo sua fundadora: a parceria com uma instituição de autismo, Adacamp, e o Centro de Referência de Portadores de HIV, que juntos totalizam mais de 200 atendimentos por semana.


Ao longo desse período, foram muitas histórias marcantes. “Houve o caso de uma criança autista que, aos dez anos, nunca tinha emitido nenhuma palavra. Após algumas semanas de tratamento, ela começou a receber o cão dizendo ‘au, au’ e algum tempo depois, aprendeu o nome dele”. A bióloga também cita os inúmeros casos de pessoas que, mesmo com dor, saíram da cama para passear com os cães pelos corredores. Toda essa disposição teve uma consequência: a queda no tempo de internação.


O sucesso do projeto pode ser atribuído a uma equipe multidisciplinar – composta por psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, pedagogos e veterinários – sem esquecer, é claro, o mérito de suas principais estrelas: os profissionais de quatro patas. “Os cães não julgam, não fazem diferenciação de raça, cor e nível social. Oferecem a mesma dedicação ao morador de rua ou ao executivo; e a criança, independente se ela tenha ou não alguma deficiência. São nossos melhores amigos”.



Para quem quiser conhecer um pouco mais desse lindo trabalho:


contato:
tel: (19) 3342-7315
cel: (19) 9722-4999

4 comentários:

Sig Souza disse...

Belissimo trabalho contando com a ajuda de nossos irmãos primitivos, os animais. Coisas assim fazem renascer nossa fé no ser humano e seu potencial de progresso.

Karen disse...

Florzinhaaa!! Que lindos!!!

Ainnnn como as pessoas nao entendem o nosso amor por esses bichinhos... como pode alguns não ama-los..

Bjinhos e bom finde!

Cães Terapeutas disse...

Olá Cris!!

Agradecemos muito a homenagem está linda!! Vc captou bem o sentido de todo o trabalho e a história da Ateac.
Seu blog é muito bacana! Adorei!! Seja sempre bem-vinda no nosso tb! Bejuss

Pedro Menuchelli disse...

Belo trabalho e ótimo blog. Estou a te seguir, se não se importa. No que eu puder ajudar, pode contar comigo. Um grande abraço!