sexta-feira, 4 de novembro de 2011

A foto mostra uma cadela Doberman lambendo um bombeiro exausto. E
le tinha acabado de salvá-la de um incêndio em sua casa, resgatando-a e 
levando-a para o gramado da frente; depois, tinha continuado a combater o 
incêndio. 
Ela estava prenha. O bombeiro teve medo dela no início, pois nunca antes
ele tinha resgatado um Doberman. 
Quando finalmente o fogo foi extinto, o bombeiro sentou na grama para 
recuperar o fôlego e descansar. 
Um fotógrafo do jornal "The Observer" notou a Doberman olhando para o 
bombeiro. Ele a viu andar na direção dele e se perguntou o que a cadela ia 
fazer. Enquanto o fotógrafo levantava a câmera, ela se aproximou do 
bombeiro que tinha salvado sua vida e as dos seus filhos e beijou-o.

Albert Schwweitzer, Prêmio Nobel da Paz.


Reflexão: 
"Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser 
da Criação, 
seja 
animal ou vegetal.....
 ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante." 

3 comentários:

Luna Sanchez disse...

Gratidão arrepia.

Karina - Frei-Sein disse...

Lindo minha amiga!!!
Se nós soubéssemos amar como os animais, a perdoar da mesma forma, nosso Mundo não seria esse lugar tão triste de se ver...
Beijinhos enormes em ti...
E uma ótima semana!!

Sig Souza disse...

Eu ja tinha visto essa foto em algum lugar mas não sabia da historia. Sem duvida os animais são nossos irmõas primitivos com sentimentos e inteligencia e não criaturas estupidas como pensa muita gente estupida. Aprendamos com eles.