sexta-feira, 15 de julho de 2011


Todo ser humano necessita despertar desejo.
Quando as pessoas nos olham e não nos diferenciam
de uma cadeira, a coisa vai mal.
Isso acontece muito naquela instituição,
como é mesmo o nome? Casamento.
Os dois seguem se amando, mas já estão
há tanto tempo juntos que não faz mais diferença
se a mulher embarangou ou se o marido perdeu
os dois dentes da frente.
"amo você de qualquer jeito, bem".
Ama, sem dúvida.
Mas não nos enxerga mais.
É aí que mora o perigo.
Homens e mulheres precisam de um espelho
que lhes diga constantemente o quanto
são interessantes e atraentes.
Se o espelho rachou em casa e não reflete mais nada,
das duas uma: ou a gente se entrega ao desleixo,
ou vai buscar reflexos de si mesmo em outro alguém.

Martha Medeiros


fonte: http://karinizumi.wordpress.com/

3 comentários:

Tati Lemos disse...

Muito bonito o texto, adoro tudo que a Martha escreve!

Beijos

Karina - Frei-Sein disse...

Oi Cris...
Adoro Martha Medeiros...
Tu trouxe um texto que dá um puxão de orelhas á muitosss...
Como você está amiga?
Beijinhos doces para ti!!

Rejane disse...

Oi menina,
nossa...não sei o que houve, mas faz um tempão que tô tentando postar comentário no seu blog e não consigo. Ora é a página que começa a carregar e dá erro, ora diz que a página não existe, vai entender né... rsrsr...
Não precisa ser casada pra saber que relacionamento (aliás, de qualquer tipo)corre o risco de cair numa rotina mortífera. E daí que vem a necessidade do manejo, do refletir, do decidir a mudar pra continuar o mesmo (o mesmo amor, o mesmo carinho...).
Seu texto é um convite à reflexão.

Abraços e boa semana!